segunda-feira, 24 de novembro de 2008

A Mulher Absoluta

Deusa.
Senhora da Destruição.
Tu, que congelas meus olhos!
Dona do meu coração.
Estátua.
Monumento da Paixão.
Momento em que sacrifico
o que eu sou para ser teu.
Corpo.
Altar da minha expiação.
Tu,que desces do céu,fria
chuva que penetra em mim.
Mulher.
Feita de carne e oração.
A ti me entrego em silêncio,
mergulhado em devoção.
Deusa!
Senhora da Destruição!


Sorocaba,04-07-1997

Nenhum comentário: